Ir para a capa Entrar em contato
    Buscar por:
    Web
    Camaçari Notícias
Camaçari, 02 de Setembro de 2014

Qual é a sua opinião sobre a Polícia em Camaçari?








EDITAL
Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2010

Direito de Resposta do Hospital da Mulher

HMC/AHPIC

Nota ao Camaçari Notícias

A AHPIC – Associação Hospitalar Protetora da Infância e a Maternidade de Camaçari, Instituição credenciada como Hospital da Mulher vem a público esclarecer os fatos relatados pela professora Gabriela Silva.


O Hospital da Mulher é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos. Todos os funcionários que trabalham aqui são próprios da instituição, ou seja, não temos funcionários públicos, conforme noticiado.


O Hospital da mulher atende em média, por dia, 600 pacientes de diversas especialidades como Cardiologia, Ultra-sonografia, Radiologia, Ortopedia, Litotripsia, Oftalmologia, Gastroentreologia, Neurologia dentre outras. Temos uma equipe administrativa grande, mas sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer em busca da excelência. Entretanto, Já é fato que a população vem reconhecendo o empenho e a melhoria que o Hospital teve nos últimos meses, fruto do trabalho e empenho dos funcionários e profissionais envolvidos.


Por se tratar da organização e da segurança de seus funcionários e pacientes é que a empresa possui programas elaborados, implantados e aprovados pelos órgãos fiscalizadores do município de Camaçari: MTE-Ministério do Trabalho e Emprego; VISA – Vigilância Sanitária e pela regulação do SUS. Todos os funcionários da AHPIC passam por treinamento, entrega de EPI´s e são alertados quanto aos riscos e medidas de proteção. Vale ressaltar que a funcionária técnica relatada nesse informe, contratada para substituir em caráter de URGÊNCIA, iria passar no seu 1º dia pelo treinamento e por isso ela não poderia atuar. Esse fato ocorrido, não só demonstra que a AHPIC prima pela organização como efetiva sua fiscalização no cumprimento das exigências legais quanto à proibição do uso de calçados abertos, conforme preconiza a NR 32.


Pedimos desculpas pelo transtorno causado com a paciente, fizemos tudo o que estava ao alcance do Hospital no intuito de minimizar ao máximo possível os transtornos com a remarcação da consulta que a referida paciente tinha com o angiologista. Salientamos que este caso foi uma exceção pois o Hospital da Mulher vem melhorando o atendimento, e isto vem sendo percebido pela própria população que vem sendo acolhida e tem espaço para reclamar como a Sr.ª Gabriela Silva reclamou e foi ouvida.


O Hospital da Mulher funciona de segunda a sábado, das 07 às 18 h. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e esclarecimentos, como também a reclamações e sugestões. Assim construiremos um Hospital mais adequado às necessidades da população camaçariense.

  


Voltar



  • Para receber notícias basta digitar seu e-mail


www.camacarinoticias.com.br     -     © Todos os direitos Reservados        -
Click5 - Marketing e Soluções Interativas